0

Livros que eu preciso ler!

Já virou uma rotina implacável ler livros. Se preparem, porque quando baixa um momento nerd em mim, ninguém me segura. Hoje ao som de várias marchinhas de carnaval aqui da rua, eu vou indicar alguns livros interessantes para vocês -oque se tornou um pouco difícil com as marchinhas. Lá vai!



Um diaDexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro.
Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas — vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois.
Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida. R$ 23,80

Feliz por nada: “Dentro de um abraço é sempre quente, é sempre seguro. Dentro de um abraço não se ouve o tic-tac dos relógios e, se faltar luz, tanto melhor. Tudo o que você pensa e sofre, dentro de um abraço se dissolve.” É com a força transformadora de um abraço que Martha Medeiros abre este novo livro de crônicas e é com a mesma singeleza e olhar arguto para o cotidiano que a escritora ilumina algumas das questões mais urgentes do século XXI. R$ 22,20



Amor fora de hora: Uma jovem mulher, amante dos livros, e um rapaz do interior se esbarram repetidamente no cemitério. Um local completamente inusitado para um encontro. Certo dia, um sorriso nasce nos lábios dos dois e eles ficam
deslumbrados um pelo outro. É o início de uma paixão irrefreável. Com um romantismo agitado e um humor revelador, este livro combina o choque de culturas com uma história de amor terno e desenfreado.   R$ 17,50
1

Vim dividir com vocês

Eu tenho escutado muito uma música, ela é fofa demais meninas! A versão original dela é da Tracy Chapman, mas a versão em que eu me apaixonei mesmo é a do Boyce Avenue feat. Kina Grannis. Da uma olhada:



0

Insegurança.


Essa palavra ja te perseguiu também? ou isso ainda acontece? É pode ter certeza que você não é a única. Eu ja fui muito insegura, era daquelas meninas que sempre achava que tinha algo errado, ia se olhar do espelho toda hora, nunca achava algo que ficasse bom em mim, sempre me achava inferior e as vezes deixava até de sair por isso. E quando eu me sentia assim não importava o quanto me elogiassem, isso não mudava. Mas de uns tempos pra cá, eu tive pensando e percebi que eu cobrava muito de mim mesma. Sempre bela, dos cabelos sempre arrumados, do corpo perfeito isso existe mesmo na vida real? Eu comecei a pensar que ninguém é perfeito, todo mundo tem defeitos e é isso que deixa as pessoas únicas e especiais como são. Não é mesmo? Pelo menos foi o que eu coloquei na minha cabeça e quer saber? Agora me amo como eu sou e é só isso que importa não é? Ou o olhar estranho das pessoas ainda te deixa chateada? Sinceramente pra mim o que importa é o que eu acho, e o que o resto diz tanto faz, até porque ninguém nunca precisou de resto para viver. 



0

Livros que eu preciso ler!


''Julieta Capuleto não tirou a própria vida'' é como diz o livro Julieta Imortal. Escrito pelo autor Stacey Jay, o livro ressalta várias hipóteses desconhecidas, que me fizeram ficar super ansiosa para compra-lo. A sinopse me deixou um pouco confusa, porque algumas pessoas que fizeram a leitura do livro me disseram que era diferente, porque a Julieta era super moderna e descolada! Isso eu só vou poder descobrir se eu ler -não vejo a hora de comprar o livro-. 

Sinopse: ''Julieta Capuleto não tirou a própria vida. Ela foi assassinada pela pessoa em quem mais confiava, seu marido, Romeu Montecchio, que fez o sacrifício para assegurar sua imortalidade. Mas Romeu não imaginou que Julieta também teria vida eterna e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz. Por setecentos anos, Julieta lutou para preservar o amor e as vidas de inocentes, enquanto Romeu tinha por fim destruir o coração humano. Mas agora que Julieta encontrou seu amor proibido, Romeu fará tudo que estiver ao seu alcance para destruir a felicidade dela. Segredos, mistérios e surpresas envolvem este poderoso romance em que o casal mais famoso da literatura mundial tem a chance de contar sua verdadeira história.


Meus pais precisam entender a minha necessidade de ler esse livro! My So-called Death, um livro que já me encantou só pela capa, para ser mais especifica: amor a primeira vista. O único problema é que ele é todo em inglês, se há em português também eu não sei, mas é capaz deu fazer um curso de inglês só pra ler este livro -impossível-. Nesses últimos dias, não sei o que deu em mim, e nem vou tentar explicar, mais o fato é que me deu uma vontade louca de ler livros.

Sinopse: Só porque você não tem um pulso não significa que você não pode ser alegre.
Um segundo, calouro Karen Vera está no topo da pirâmide cheer mais fabulosas que nunca. O outro, ela está mentindo no chão com seriedade unflattering danos cranial. Assustadoramente vivo sem pulso, Karen descobre que ela é um zumbi geneticamente mortos-vivos.
De repente, a vida não Karen é um desastre épico. Ela é obrigada a freqüentar uma escola de embarque para a "morte-desafiados", seu companheiro de quarto é um odioso wannabe-Goth esquisitão, e ela é chowing para baixo em cérebros de animais todos os dias para evitar o apodrecimento (um, ew?). Pior ainda, alguém está atacando estudantes e colhendo seus cérebros por um ritual proibido escuro. E que poderia ser o cara mais quente em High MORTOS, aquele que faz o flutter Karen coração não bater!
Armado com um sorriso alegre e senso de moda assassino, cabe a Karen para rastrear o snatcher cérebro e salvá-la colegas da morte de zumbi certos.

                                                                                                                                           
0

O retorno


                                
     Ultimamente, eu me afastei muito do blog. E por causa de uma vontade louco, de mostrar várias coisas pra vocês, eu estou de volta, com várias -diversas- novidades. Eu queria muito evoluir com meu blog, mas não é (e nunca vai ser), possível começar de cima. É como uma escada evolutiva, você vai subindo, subindo, até chegar ao seu objetivo. No começo do blog, eu queria ter vários seguidores no primeiro mês, eu queria começar com sucesso, eu queria começar de cima. Só que as coisas não são assim, por mais que demore anos, um dia eu vou chegar aonde eu quero, com quem eu quero, e como eu quero. É só uma questão de tempo, e fé, pra mim alcançar todos os meus objetivos, do modo mais tranquilo. Dessa vez, eu não vou largar mais o blog, por que se eu quero alcançar meus objetivos na vida (como eu disse anteriormente), eu nunca posso abandona-los. Eu vou esperar muito, mais eu vou conseguir conquistar minha vontades, com muita vontade e determinação.

0

Intrigas, paz e mudança.



Uma das coisas que mais me deixam irritadas, é quando certas pessoas dizem coisas de mim totalmente nada a ver. Naturalmente da vontade esfregar muitas verdades na cara de uns ou outros babacas que não tem o que fazer e ficam criando intriga com assuntos que já estão mais do que enterrados. Se eu pudesse, daria uma passagem de ida pra marte, para aquele grupo de pessoa que só sabem cuidar da vida aleia. As pessoas deveriam respeitar mais umas as outras, porque só desse jeito o mundo vai pra frente.
O desenvolvimento de um país não depende só de economia, industrias, trabalho, há outras coisas importantes como a boa convivência, harmonia e paz e outras coisas que façam com que as pessoas deixem de enxergar só o lado ruim das outras, e passem a ver tudo de bom que cada um trás com si mesmo.
É possível mudar, mas nem todas as pessoas pensam como eu, ou você, elas sempre cultivam o lado mais difícil. Realmente, se o mundo todo mudasse, iria ser lindo (missão impossível). Existem muitas pessoas que são boas de verdade, e não ligam pra essas bobeiras de fofocas, intolerância, e violência; A minha maior certeza é que mesmo que sejam poucos habitantes que mudem o seu lado ''meio'' ruim, já vai fazer muitas diferença! Não pra mim, e muito menos pra você, e sim para o coração de cada um que quer mudança.



2

Esmaltes: Dogs (Risqué)


Quem me conhece sabe que eu não sou nem um pouco fanática por esmaltes. Eis que surge, uma paixão incontrolável pela linha de esmaltes ''Dogs'' da Risqué. Unhas, me desculpem  foi muito mais forte que eu.
Nada mais fofo, e criativo, do que criar uma linha de esmaltes homenageando nossos queridos cachorrinhos! Vale super apena usar cada um desses esmaltes. Os meus preferidos são o ''Chow Chow'' (azul) e o ''Poodle'' (lilás). Sério, em uma semana eu já pintei minhas unhas mais de 3 vezes com cada um: paixão a primeira vista. Quem comprar vai entender oque eu estou dizendo.
Dessa linha, eu só tenho dois (como eu disse anteriormente), mas através de umas fotos que eu andei olhando no Clube das Esmaltadas eu pude perceber que todos eles ficam lindos:
O chow chow, é um cachorrinho muito fofo, e o esmalte mais ainda. Esse azul da um toque meio que fluorescente, e vamos combinar que flúor chama atenção, e nada melhor do que ás vezes atrair um pouco de olhares. Esse esmalte, é bem tranquilo pra ir na escola, ou fazer uma social em algum lugar. Pra balada é melhor uma cor com mais brilho, ou Glitter.
Personalidade de caçador, e melhor amigo do homem, o Cocker é um dos animais que transpassa calma, mais na verdade tem uma personalidade bem forte. A Risqué chutou uma corzinha bastante pálida, mas que em compensação eu adorei. Eu considerei uma cor muito linda para casamentos, tanto para convidados ou até mesmo pra própria noiva. Super perfeito, leve, e delicado. Amei!
''Originário de Sibéria, era usado para puxar trenós. É extraordinariamente dócil e carinhoso com todas as pessoas. Sua pelagem é densa e comprida, formada por duas camadas de pelo.
O esmalte Husky? É uma azul profundo e intenso, simboliza o oceano. Tão hipnótico quanto os olhos azuis destes cachorrinhos.'' Esse sim pode ser um esmalte considerado para noite.
          É impossível olhar nos olhos de um Maltês, e resistir a tanta fofura acumulada em um único animal. Mas falando em fofura, outra coisa super fofa também, é esse esmalte azul muito simpático. Quem usa já pode se considerar fofa, eu achei lindo. Esse sim entra na minha lista de esmaltes que eu pretendo usar.
            Poodle, me lembra rosa, que me lembra lilás, que me lembra eu. Eu já tive 2 poodles, e vou confessar que eles eram como minhas melhores amigas, e detalhe: Eles eram machos. Mas enfim, eu não vim aqui pra falar disso, e sim do quanto esse esmalte me faz sentir feminina. Ele tem brilhinhos gente, BRILHINHOS! (morri). Sério, recomendo muito.
Shar Pei não me lembra cachorro, e sim High School Music e vocês sabem porque! É uma cor bem patricinha mesmo, mas enfim, esmalte não define a personalidade de ninguém. Eu juro pra mim mesma, que um dia eu vou usar esse, porque ele arrasa meus olhos!
Vila-Lata, é um dos cachorros mais carentes que eu conheço, e mais agitados. Quem nunca percebeu o brilho no olhar de um vira-lata, que parece ser o mesmo brilho desses lindos esmaltes!  Magníficos tanto para noite, ou pro dia. Eu já tive muitos vira-latas na minha vida, e sei que todos são muito amigos e doceis!
                      Usem mesmo os esmaltes, eu recomendo muito, porque o resultado é lindo.